CARRINHO DE COMPRAS
Carrinho vazio
Cupom: PRIMEIRACOMPRA5 5% de desconto
Meu carrinho

Lepidolita e muscovita hexagonal com zoneamento de cor - 3,3 cm

 O item mostrado será o mesmo que você receberá
Exemplar de lepidolita roxa desenvolvida ao redor da muscovita amarela, fenômeno conhecido por zoneamento cristalino. Possui superfície lisa, brilho vítreo, forma hexagonal a losangular incompleta, é brasileira, rara e possui 3,3 cm de tamanho.
Custava: R$ 29,90

Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível
Descrição simplificada

Produto

Exemplar de lepidolita roxa desenvolvida ao redor da muscovita amarela, fenômeno conhecido por zoneamento cristalino. Possui superfície lisa, brilho vítreo, forma hexagonal a losangular incompleta, é brasileira, rara e possui 3,3 cm de tamanho.

Tamanho

Entre 3 e 4 cm (medidas exatas: 3,3 x 2,5 x 2 cm).

Peso aproximado

26 gramas.

Informações adicionais

Origem

Região de Coronel Murta, Minas Gerais, Brasil.

Nomes utilizados no comércio

Lepidolita, lepidolita granular, lepidolita perolada, lepidolita perlácea, malacacheta roxa e mica roxa.

Nome recomendado por nós

Mineral do subgrupo das lepidolitas.

Tratamentos da peça anunciada

Apenas limpeza da peça.

Recomendações

É frágil, manuseie com bastante cuidado.

Mineralogia

Informações sobre a lepidolita:

Classe mineral

Silicatos > filossilicatos > grupo das micas > subgrupo da lepidolita.

Origem do nome

Seu nome é derivado do grego lépidoss - escama no português -, e lithos - pedra no português -, em referência ao seu hábito lamelar ou escamoso.

Fórmula química e elementos químicos

Fórmula química complexa.

Optamos por não listar, pois possui grande variabilidade química.

Energias

Informações sobre a lepidolita:

Fatores e causas na qual se associa

Abertura, aceitação, antipatia, atitude, autoestima, crenças, hostilidade.

Principais chakras que atua

Terceiro chakra, quarto chakra, sétimo chakra.

Signos que se relaciona

Libra.

Dicas

Criamos um conteúdo com dicas e cuidados especiais. Clique aqui para conhecer os cristais que não podem ir na água. Clique aqui para conhecer dicas de uso e conservação dos exemplares.

últimos itens que você visitou